Artigo: Alan Moore e os personagens.


digitalizar0001










Alan Moore é gênio por saber utilizar personagens clássicos, personagens arquétipos e extrair o melhor de suas características e fazer a melhor história que se poderia no mercado editorial de quadrinhos daquela persona a qual se propôs trabalhar.

Também é gênio pela forma de roteirizar as suas histórias, a já LENDÁRIA formatação de 40 (quarenta) laudas para descrever apenas 5 (cinco) páginas de uma Comics.  Especial o é por usar todas as lendas, histórias reais, histórias de ficção acumuladas na sua vida pessoal e inserir no roteiro que está trabalhando. Alan Moore é mestre das tramas intrincadas e meticulosas

Contudo é gênio a meu ver por pegar o PERSONAGEM ARQUÉTIPO e fazer uma brilhante história. E ele o faz sem precisar do personagem original.

Já se falou muito que ele com o personagem SUPREME, de Rob Liefeld, fez a maior de todas as homenagens ao SUPERMAN DA ERA DE PRATA. Ele pegou todos os conceitos de 60 anos do Homem de Aço e escreveu uma dezena de ótimas histórias para um personagem-sempre-classificado-de-plágio, que tomou ares de PERSONAGEM-HOMENAGEM.

Ele sempre reescreve os clássicos, com personagens-plágio. Voltamos ao início da carreira conhecida de Alan Moore... MARVELMAN, Miracleman, o personagem-plágio do CAPITÃO MARVEL da Fawcett Comics, que foi reinventado pelo Bruxo de Northampton e se tornou um dos grandes clássicos da ARTE SEQUENCIAL GRÁFICA. Mudou o conceito e principalmente inseriu nas COMICS o fator realidade versus heroísmo.

 

Watchmen é a seqüência do experimento feito em Marvelman, aqui o realismo em confronto com o universo dos quadrinhos é levado ao extremo. Era para ter sido uma homenagem aos heróis da Charlton Comics:

          Pacificador. (em inglês Peacemaker).

          Capitão Átomo.  (em inglês Captain Atom).

          Besouro Azul (Dan Garret). (em inglês Blue Beetle.).

          Besouro Azul (Ted Kord). (em inglês Blue Beetle).

          Thunderbolt.

          Questão. (em inglês Question). 

          Sombra da Noite, (em inglês Nightshade).

 

Enfim um claro exemplo de que uma HISTÓRIA BOA pode ser contada mesmo que seja com personagens-homenagem ou personagens-plágio.

                                           ALAN  MOORE

                                                                 AlanMoore

      Alan tem uma dúzia de personagens que remetem a algum personagem-arquétipo:

Promethea é uma obra feita de restos de enredo que não foram publicados em GLORY, esta última uma personagem-plágio da MULHER MARAVILHA. Promethea, a obra, foi levada a outro nível de histórias conceituais, um misto de aventura, tratado sobre filosofia e magia, e uma jornada através da imaginação. Misto de literatura, poesia, ficção científica, arte e mitologia.

Splash Brannigan.  Personagem-homenagem ao PLASTICMAN (Homem Borracha).

Greyshirt. Personagem surgido em Tomorrow Stories, publicado pelo estúdio Wildstorm sob o selo America's Best Comics. O personagem foi co-criado por Moore e Rick Veitch. Um Personagem-homenagem ao The SPIRIT de outro gênio das comics Will Eisner.  O nome do personagem é inspirado no herói Blackshirt dos tempos das PULP MAGAZINES BRITÂNICAS dos anos 30.

Temos o mais significativo PERSONAGEM AUTORAL DE ALAN MOORE:

Tom Strong. Personagem que presta homenagem a dúzias de heróis das PULP FICTIONS, os mocinhos antes de aparecer os super-heróis.

Tom Strong. É um misto de DOC SAVAGE, TARZAN, Hugo Danner, Aarn Munro (estes dois últimos as inspirações para a posterior chegada de Kal-El, o SUPERMAN).

Tom Strong é tão significativo que tem até uma contraparte que veio DECADAS ANTES DELE e foi incorporada ao seu universo de aventuras:

Tom Strange. Doctor Thomas Hugo Strange, um cientista, da época dos Pulp Fictions, que usava o nome de DOC. STRANGE, pelo Nedor Comics e hoje foi incorporado nas histórias de Tom Strong como Tom Strange, que nesta nova realidade criada para ele vive numa Outra Terra, do outro lado da Galáxia, num conceito de réplica por similaridade subatômica. A teoria certas circunstâncias partículas subatômicas como os elétrons são capazes de instantaneamente se comunicar umas com as outras independente da distância que as separam. Não importando se está distância é de 10 centímetros ou de 1000 Km. De alguma forma uma partícula sempre sabe o que a outra está fazendo. Einsten um dos padrinhos da física quântica, rejeitava esse tipo de "telepatia" entre partículas, que chamava de "ação fantasma à distância" é uma hipótese da Física Quântica que o BRUXO DE NORTHAMPTON, ousou inserir isso para incrementar a história. Como adendo em algum tempo se for comprovada isso poderia conforme os cientistas falam na possibilidade de criar uma "internet quântica". Os íons atômicos usados no experimento servem como uma excelente 'memória quântica', para guardar informação, algo que seria difícil fazer usando apenas fótons.

Com tudo isso devemos pensar, existe realmente plágio?

Personagens são criaturas ficcionais que podem ser manipuladas, importa a história que está se escrevendo por trás deles. Realmente grandioso é o que se conta.

Superman é inspirado em Hugo Danner e Aarn Munro, ele também vem de arquétipos mais antigos, numa época pré-ciência: Sansão, Hércules, Atlas e Gilgamesh.

Lanterna Verde é inspirado em LENSMEN, uma história de polícia intergaláctica orientado por arisianos que lhe deram uma lente que fazia aumentar força, pensamento e era uma arma em último grau.

Batman é inspirado em O Sombra, O Spider e muitos heróis de pulp fictions de detetive.

Monstro do Pântano é inspirado em THE HEAP.

            Grandioso o é, Alan Moore, por saber usar personagens e CRIAR O INAMIGINÁVEL. CRIAR ÓTIMAS HISTÓRIAS DE VELHOS CONCEITOS.

            Misturar ficção barata com HIPÓTESES FILOSÓFICAS, HIPÓTESES CIENTÍFCAS, LENDAS E O QUE MAIS COUBER.

            NO FIM HQ, COMICS, BANDA DESENHADA, ARTE SEQUENCIAL É DIVERTIMENTO, ENTRETENIMENTO, não cabe acusar ou não acusar, cabe GOSTAR OU NÃO GOSTAR e só.

                                                                        FIM.

ALAN  MOORE

468px-Alan_Moore_(2)










 
 
  Site Map